in ,

Conheça Startup da Real: o crítico anônimo do empreendedorismo idealizado

Em seu perfil no Instagram, um homem anônimo que se identifica como Startup da Real faz críticas agudas sobre o mundo do empreendedorismo. Seu conteúdo é simples e sem muitos floreios. No recurso das stories, ele recebe perguntas diárias tanto sobre seu dia a dia quanto sobre o que pensa de personalidades e questões cotidianas. No entanto, seu perfil se destaca principalmente pelo senso crítico e arrazoado. O autor do perfil prefere ficar anônimo, mas já lançou um livro e dá palestras, ainda que preserve sua identidade.

Para muita gente, é uma besteira e um pouco estranho que ele escolha permanecer no anonimato. É comum que escute críticas sobre isso. No entanto, para o rapaz, o anonimato é importante justamente para mostrar que sua história de vida não importa para que seus seguidores consigam acompanhar o raciocínio por trás das críticas. Se soubessem quem ele é, seria mais difícil conquistar uma identificação e muitas suposições atrapalhariam a interação.

Startup da Real
Conheça o trabalho do crítico anônimo Startup da Real! (Foto: Época)

O conteúdo de Startup da Real

Em linhas gerais, o conteúdo de Startup da Real fala sobre os abusos e desilusões do mundo do trabalho. Apesar de ter “startup” no nome, não necessariamente é apenas nesse contexto que suas críticas repousam. No geral, “Star”, como é chamado por seus seguidores, critica o a situação deplorável a que muitos trabalhadores brasileiros estão sujeitos.

Sabemos que hoje essa não é uma conjuntura fácil. Muitas pessoas continuam desempregadas e as que conseguiram um trabalho ganham mal. Além disso, quem trabalha, para não perder o emprego, se submete a muita coisa. Nesse contexto de exploração é que há muita identificação com que Sstartup da Real discute. Aparentemente, as pessoas passam a se aperceber sobre o que está errado.

Ademais, o escritor frequentemente discute questões como:

  • sucateamento das universidades,
  • validade da educação à distância,
  • pressupostos de decisões e medidas governamentais;
  • aparatos de exploração do trabalhador assalariado,
  • indicações de livros para refletir,
  • ilusões de companhias “ideias para trabalhar”.

Em seu site e também no livro ‘Este livro não vai de deixar rico’, Startup da Real traz uma base filosófica para discussão que apresenta em seu perfil. Caso tenha a oportunidade de assinar a sua newsletter e ler o livro, terá uma visão muito mais abrangente do conteúdo. Consideramos que seja interessante para o trabalhador (ou desempregado) ter acesso a perfis como este e o de Nath Finanças, uma vez que pessoas assim tomam o lado do mais fraco e trazem conscientização.

Fonte: Folha de São Paulo

Nath Finanças

Quem é Nath Finanças e por que ela ensina finanças para o pobre?

faculdade boa de graça

O que fazer para cursar uma faculdade boa de graça?