cartão de crédito para pessoas com nome sujo

21 set 2019

Cartão de crédito para pessoas com nome sujo é lançado para o consumidor

Geralmente as pessoas endividadas ficam preocupadas quando descobrem que o seu CPF está cadastrado no SPC e no Serasa. Elas sabem que dificilmente conseguirão empréstimos e começam a se questionar sobre como sobreviverão no futuro. É importante que elas se informem da existência de cartão de crédito para pessoas com nome sujo.

cartão de crédito para pessoas com nome sujo
Descubra o que você tem que fazer para ter um cartão de crédito para pessoas com nome sujo! (Foto: Divulgação)

Claro que não é recomendável que uma pessoa negativada faça novas dívidas. No entanto, nós sabemos que a vida nem sempre se desenvolve da forma que nós esperamos. Assim sendo, é válido utilizarmos de vez em quando ferramentas que, em momentos de emergência, podem garantir o nosso sustento e o nosso bem-estar.

Você pode se perguntar por que razão uma empresa se dispõe a emprestar dinheiro para pessoas que são inadimplentes. Bom, a pergunta é legítima e provavelmente está na cabeça de muitas pessoas. É por essa razão que nós do Clube Finanças iremos respondê-la neste artigo.

Como funciona o cartão de crédito para pessoas com nome sujo

Muitas instituições financeiras começaram a perceber que as pessoas negativadas nem sempre estão sem dinheiro. Em boa parte das vezes, elas deixam de pagar algumas contas porque elas não são urgentes. Assim sendo, elas utilizam o seu salário para atender àquilo que elas consideram prioridade.

Nesse sentido, uma pessoa que está com o nome sujo pode escolher pagar a parcela do seu cartão de crédito e deixar o pagamento do IPTU para depois. É por essa razão que muitas empresas, dentre elas, bancos e fintechs, já estão concedendo cartões de crédito sem consultar o CPF dos solicitantes.

Ainda assim, você não deve pensar que essas instituições não têm outros critérios para escolher os seus clientes. Afinal, nenhuma empresa deseja sair no prejuízo em seus negócios. Por essa razão, mesmo que algumas instituições ignorem o histórico financeiro de seus solicitantes, elas estabelecem outros critérios para selecioná-los.

Algumas delas, por exemplo, apenas oferecem cartões de crédito consignados para seus clientes, limitando-os a aposentados, pensionistas e funcionários públicos. Essa é uma decisão estratégica afinal todas as pessoas desses grupos recebem seus benefícios ou salários do governo, que é uma organização estável e segura.

Tendo em vista que dificilmente o Estado quebrará, essas financeiras assumem que os seus clientes terão dinheiro na conta todos os meses. Para evitarem a possibilidade de sofrer calores, elas descontam as parcelas do cartão dessas pessoas diretamente da folha de pagamento delas.

Nesse sentido, o histórico financeiro de um solicitante não é um fator que influencia a sua aprovação. Contanto que ele mostre que ele é pensionista, aposentado ou funcionário público, ele não oferecerá grandes riscos para a empresa que fornecerá o cartão.

É importante destacar que esse é apenas um dos critérios que leva uma empresa a dar cartão de crédito para pessoas com nome sujo. É importante que você pesquise as condições exigidas por cada instituição a fim de encontrar aquela que atenda pessoas com o seu perfil.